sábado, 26 de fevereiro de 2011

Homem atira contra motorista de ônibus após briga de trânsito no Rio

As câmeras do circuito interno do coletivo registraram o momento do crime. O agressor teria se irritado com o motorista do ônibus, porque ele freou para passar em um quebra-molas.








Especialistas dão dicas a motoristas que querem vencer medo de dirigir

Muita gente sai da autoescola e não tem coragem para pegar o carro. Veja dicas para enfrentar o trânsito difícil com mais segurança.

Ruas em más condições, abuso dos motoristas ou simples despreparo são problemas que explicam os milhares de acidentes no Brasil. Muita gente que sai da autoescola confessa: não tem coragem de enfrentar o trânsito das grandes cidades. Essa situação provocou uma tragédia essa semana em São Paulo.

Para enfrentar o trânsito caótico das grandes cidades como São Paulo, muitos motoristas procuram uma alternativa para aprender a driblar o medo de dirigir. Em setembro de 2008, a empresária Selma Cristina Caporalli comemorou uma conquista: a habilitação para dirigir. Mais de dois anos se passaram e a carteira está intacta, pois ela não tem coragem de enfrentar as ruas.

“Na autoescola só temo o básico para o motorista: arrumam o banco e o espelho. É seta para esquerda e para direita, vai para frente, vem para trás e faz baliza. O trânsito que a gente passa no dia a dia eles não ensinam”, reclama a empresária.

Selma Caporalli virou aluna de novo e há quatro meses sai com um gestor do curso para encarar o trânsito da cidade. “A pessoa só dirigindo naquele lugar tranquilo não vai ter noção do que é o trânsito. É muito mais que uma ruazinha ou um quarteirão”, explica o gestor de trânsito, Ronaldo Furtado Pereira.

Para a psicóloga Luciana Giordano Felini, o que realmente atrapalha é o lado emocional. “Às vezes elas acreditam que não vão conseguir controlar o carro, de repente, em uma subida. Pode ser que elas não consigam segurar o carro. Então, na verdade o trânsito para elas acaba se tornando algo muito grande e gera-se uma fantasia”, diz a psicóloga.

Para enfrentar o trânsito, não basta a carteira de habilitação. O motorista precisa estar capacitado e se sentir seguro para dirigir em qualquer situação, mas muita gente sai da autoescola e não tem coragem para pegar o carro.

“O ideal seria que a autoescola conseguisse, no momento da formação dessa pessoa como condutor, identificar algum medo ou alguma deficiência que a pessoa tem”, conta o analista de segurança viária, André Luiz Horta.

Esta semana, duas mulheres morreram afogadas depois que um carro caiu num rio em São Paulo. A motorista possuía habilitação, mas tinha medo de dirigir e contratou uma pessoa para ajudá-la a ganhar prática.

“Eu falei para ela: ‘Não vai que é muito perigoso. Você vai à autoescola, porque o carro da autoescola é mais seguro’. Só que ela não escutou o que eu falei para ela”, disse a amiga da motorista Marinalva dos Santos.

Hoje as autoescolas devem oferecer aulas de direção noturna, mas não há obrigação de oferecer aulas em situações como dirigir na chuva, na estrada ou enfrentando o tráfego pesado, de caminhões. Ou seja, a formação do motorista brasileiro ainda é precária. Muitos não ajudam e não respeitam regras básicas do trânsito.

Você que já sabe dirigir, será que não está cometendo algum erro que pode comprometer sua segurança? Quem traz as dicas é a repórter Natália Ariede. Ela entrevistou o piloto de teste Cesar Augusto Urnhani, que deu dicas para enfrentar esse trânsito difícil. Veja no vídeo.


quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Polícia flagra carro clonado circulando pelas ruas do Rio


Rogério Freitas de Souza, de 32 anos, foi preso em flagrante no centro da cidade. Ele dirigia um carro roubado e com a placa clonada. O dono do carro original já havia recebido várias multas. Os policiais ficaram surpresos com a qualidade da falsificação. Veja como identificar um carro clonado.



Para itensificar fiscalização, Detran quer criar guarda estadual de trânsito

A intenção é de que os novos agentes atuem dando suporte no administrativo, possibilitando que os policiais militares de trânsito dediquem mais tempo à área operacional



Para coibir infrações e excessos dos motoristas e também para intensificar a fiscalização no trânsito capixaba, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran/ES) pretende criar uma guarda estadual.

A intenção é de que os novos agentes atuem dando suporte no administrativo, possibilitando que os policiais militares de trânsito dediquem mais tempo à área operacional, ou seja, que fiquem mais tempo na rua fiscalizando e combatendo irregularidades.

Em operações como o Madrugada Vivia, por exemplo, o agente poderá fazer o encaminhamento do infrator para a delegacia, enquanto o policial mantém a fiscalização na rua.

O projeto faz parte das propostas do planejamento estratégico do governo, em que linha de atuação do Detran/ES deve seguir os princípios de sinalização, educação e fiscalização. As propostas começam a ser debatidas nesta quarta-feira (23), detalhando melhor os planos de ação do Departamento e dos demais órgãos do governo estadual.

O Detran/ES também propõe estender a guarda municipal de trânsito para outros locais fora da Grande Vitória, como Linhares e Colatina. O órgão poderá ser parceiros nesse projeto, visando à integração das maiores cidades capixabas ao Sistema Nacional de Trânsito. Com a medida, os municípios deverão criar um canal próprio para os motoristas recorrerem das multas, além de ter uma fiscalização mais efetiva.

Também foi apresentado um projeto para sinalizar melhor todos os municípios do Espírito Santo. A proposta é fazer toda a sinalização vertical, horizontal e semafórica dos locais que precisam. As prefeituras ficariam responsáveis pela manutenção.


Fonte:  ESHojeBeta


Leia a Biblia
(Mateus 24:14) - E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.




Motorista consegue anular multa de trânsito com o GPS em seu smartphone

Estudante usou software que registra localização e velocidade como provas para anular multa aplicada por excesso de velocidade


 
O estudante Sahas Katta conseguiu anular uma multa de trânsito por excesso de velocidade usando como provas: seu smartphone com sistema Android e um aplicativo de rastreamento por GPS.
 
Aplicativo My Tracks mostra o trecho percorrido e a velocidade durante o percurso.
Enquanto testava seu novo smartphone, um Motorola Droid/Milestone, Katta instalou o aplicativo My Tracks, que registra estatísticas de posicionamento com o uso do GPS no celular - como tempo, velocidade, altitude e distância. Nessa mesma época, Katta foi multado por excesso de velocidade, registrado por um radar móvel a 64 km/h em uma via com limite de 40 km/h.
Depois de ser multado e voltar para casa, ele percebeu que o programa estava em execução e registrava uma velocidade de cerca de 41 km/h naquele instante. Com os dados em mãos - e sem tempo ou dinheiro para voltar à autoescola - o estudante recorreu da multa.
Com os dados obtidos pelo programa, Katta conseguiu levantar dúvidas quanto ao treinamento e operação do radar móvel pelo guarda que o multou, além da última calibração realizada no aparelho, e depois apresentou os dados do GPS com a velocidade média e máxima na ocasião. Assim, o juiz declarou Katta inocente, por falta de provas da parte do guarda de trânsito.


Fonte: http://www.superdownloads.com.br/materias/motorista-consegue-anular-multa-de-transito-gps-smartphone.html#ixzz1Eux1B6Vv


10 dicas de segurança para quem anda de moto

Andar sobre duas rodas é uma tarefa que exige do motociclista atenção redobrada.
A segurança para essa modalidade é fundamental para evitar riscos de acidentes nas ruas. Segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), em 2010, morreram só em São Paulo 400 motociclistas. “Os dados sobre acidentes que envolvem motos são alarmantes, mas uma mudança de postura tanto por parte dos motoristas quanto dos motociclistas pode diminuir estes números e tornar nosso trânsito mais seguro”, aposta Ronaldo Rondinelli, superintendente Executivo do WebMotors.
Para colaborar com um trânsito mais seguro nas grandes cidades brasileiras, o portal WebMotors divulga uma lista com 10 dicas importantes para o motociclista seguir e evitar acidentes, que quase sempre são sérios quando se trata de um veículo de duas rodas:
  1. Habilite-se e faça cursos: Apesar de não ser suficiente, a habilitação exigida pelas autoridades ajuda os iniciantes a se acostumarem com a motocicleta. É importante também participar de cursos de pilotagem defensiva oferecidos por concessionárias, seguradoras e associações. As técnicas ajudam e muito a tornar a pilotagem defensiva e segura;
  2. Não ande nos “pontos cegos” entre os carros: passar pelo ponto cego, onde o motorista não consegue vê-lo por conta da posição do retrovisor, é inevitável mas evite trafegar em velocidade constante posicionado próximo às colunas dos veículos, onde o motorista não conseguirá ver a moto.
  3. Use equipamento de segurança: O capacete é essencial, mas não suficiente. Use luvas, roupas e calçados apropriados que podem amortecer quedas e proteger o piloto. Sandálias, chinelos ou saltos plataforma não são apropriados.
  4. Pilote sóbrio: Nunca ingira bebidas alcoólicas ou use outras drogas como remédios fortes ou estimulantes de qualquer tipo quando for pilotar;
  5. Pilote de acordo com seus limites: Não pilote mais rápido ou por muito mais tempo do que permitem suas habilidades. Evite pilotar (e dirigir) quando estiver cansado ou sob uma carga excessiva de stress;
  6. Celular: Não atenda o celular enquanto estiver pilotando a motocicleta, pois tira a concentração, além de deixar apenas uma das mãos no guidão, o que pode ocasionar graves acidentes.
  7. Fique atento aos motoristas de automóveis: Muitas vezes motoristas de carros não veem as motos e as fecham, ocasionando a queda do motoqueiro, o que traz graves conseqüências. Preste atenção o que está a sua volta. E não esqueça: Dispense o fone de ouvido.
  8. Corredores entre os carros: Reduza a velocidade ao passar entre os carros, isso pode livrar o motociclista de qualquer imprevisto, como buracos e até portas de carros, que se abrem. Outra dica é dar uma leve buzinada quando o transito está parado, para chamar a atenção dos demais motoristas;
  9. Use as setas: Sinalize suas intenções com muita antecedência. Isso também é uma exigência que está na lei;
  10. Farol ligado: é fundamental pilotar a moto com farol aceso mesmo durante o dia. O farol ligado não é só para o motorista ver melhor, mas também, para se tornar mais visível, não só aos olhos dos pedestres como para os dos outros motoristas.
O portal WebMotors mantém o programa de manutenção preventiva Agenda da Moto onde é possível cadastrar a motocicleta e receber avisos periódicos que informam as datas ideais para se trocar ou revisar as peças da moto. Além disso, o Programa incentiva a manutenção preventiva, a segurança e a preservação do planeta.

Fonte: Bagarai Motos

Leia a Biblia
(Lucas 1:50) - E a sua misericórdia é de geração em geração Sobre os que o temem.

Flagrantes de perigo no trânsito



Cenas que podem ocasionar acidentes graves e motoristas despreocupados. Este é o cenário em muitos pontos da capital
21/02/2011 - 07:24
Imprudências que podem levar a graves acidentes (Fotos: Portal Infonet)
O retrato de um trânsito que cresce a passos largos e se confronta com motoristas cada vez mais desatentos e despreocupados em não obedecer às normas que regem o código. Em menos de 24 horas a equipe do Portal Infonet flagrou imagens de condutores que cometeram várias infrações. Desde motoristas que utilizavam o telefone celular enquanto dirigiam, trabalhadores sendo transportados na carroceria de um caminhão e até motociclista que se arrisca pilotando na contramão de uma avenida de grande movimento.
Para o coordenador de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT), capitão José Luiz Ferreira dos Santos, o problema é que as infrações consideradas de menor proporção podem ocasionar graves acidentes. “O cidadão confia tanto na sua agilidade e na habilidade de condução do veículo que acha que o simples fato de atender um telefone celular não vai acontecer nada com ele. Atualmente temos a situação dos cintos de
O coordenador de trânsito da SMTT, Capitão José Luiz
retenção, as pessoas acham que seu filho solto no banco de trás do carro nunca vai se envolver em um acidente, e as coisas acontecem”, lembra o capitão que deixa claro a importância de respeitar o código de trânsito.
“O simples fato de você ligar a seta antes da manobra já informa ao outro motorista que fique em alerta, mas o que se ver hoje no nosso trânsito são motoristas que vão da direita para a esquerda sem ligar nenhuma seta, essas pequenas infrações podem ocasionar um acidente grave”, diz.
Fiscalização eletrônica
De acordo com dados da SMTT a colocação dos equipamentos de fiscalização eletrônica diminuiu em 15,02% do índice de acidentes por 10.000 veículos, no comparativo entre os anos de 2008 e 2009. O coordenador de Trânsito da SMTT explica porque é a favor da implantação dos equipamentos eletrônicos e deixa claro que a cobrança pelo desrespeito às leis é uma forma educativa de conscientizar o condutor.
“Quando você estuda o trânsito começa a analisar e a perceber que os fotos sensores e as lombadas eletrônicas evitam vários acidentes com óbitos. Um exemplo clássico é o que acontecia na curva do Iate, onde quase todos os meses tinham ocorrência de acidentes com graves proporções. Após a colocação dos radares acabou, isso mostra que o cidadão é mais preocupado com o valor da multa do que com a sua própria vida”, enfatiza.
A criança não consegue se segurar e o perigo vem na contramão
Criança na garupa
No trânsito intenso da avenida Barão de Maruim, localizada no Centro da capital sergipana, um motociclista que pilotava com uma criança na garupa tentava sem sucesso fazer com a menina ficasse segura e conseguisse estabilidade para seguir a viagem. O capitão José Luiz esclareceu que o transporte de crianças em moto pode ser feito desde que a mesma seja maior de sete anos.
“Para uma criança andar em uma motocicleta tem que ser maior de sete anos de idade e com capacete. É importante que o condutor se antecipe ao fato de que se tiver uma colisão a criança pode ter complicações físicas ao cair da moto. No caso de ser um pai, ele tem que estar preocupado com o bem estar do filho e ter ações que podem proteger e resguardar o seu filho”, lembra.
‘Roubadinha’
O transporte de crianças no carro de coleta também é perigoso
A famosa ‘roubadinha’ no trânsito também pode ocasionar graves acidentes. Mesmo com um grande fluxo de veículos durante o horário de pico, o condutor de uma motocicleta se sentiu a vontade para pilotar a moto na contramão da avenida Barão de Maruim. A atitude do motociclista poderia ter custado a vida da criança que destacamos anteriormente.
“Tem muitos motoqueiros que são irresponsáveis, que atravessam o canteiro central e comete infrações em curto espaço de tempo. Eles agem como se tivessem sempre prioridade e isso é muito ruim para a população. Quando são autuados vem com o mesmo discurso de que é preciso orientação e não multa, mas a gente acha que todas as nossas ações são voltadas para a orientação, inclusive a multa”, menciona.
Celular
O motorista de ônibus falando ao celular  
Um levantamento efetuado por técnicos da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito constatou que nos onze meses deste ano cerca de 3.386 motoristas foram flagrados circulando sem o cinto de segurança e 2.964 falando ao telefone com o veículo em movimento. Uma infração considerada pelo artigo 252 do Código média com multa prevista pela legislação de R$ 85,13. O motorista perderá quatro pontos na carteira.
Para o capitão José Luiz a gravidade do ato aumenta de acordo com a responsabilidade que o motorista representa no trânsito. Conduzindo um ônibus lotado de passageiros, um motorista desconsiderou a lei e por pouco não causou um acidente. “Motorista de ônibus, taxi, caminhão é um absurdo imagine você que é profissional do volante usando um celular. O celular tira cerca de 40% da atenção do condutor. Imagine um motorista de ônibus conduzindo vidas e falando ao telefone celular. O risco de se envolver a um acidente é bem maior. Imagine uma batida entre um caminhão e um ônibus tudo porque o motorista de ônibus
Transporte de trabalhadores em cima da carga é proibido por lei
estava distraído e falava ao celular”, alerta.
Transporte passageiros
A condução de passageiros de forma inapropriada foi também flagrada nas ruas da capital. Enquanto um caminhoneiro transportava trabalhadores em cima da carga, outro motorista transportava de forma arriscada crianças em um carro de coleta de lixo. “Esse tipo de transporte é completamente proibido. Essas pessoas estão expostas e sendo transportadas de forma desprotegida, em caso de acidente a possibilidade de uma lesão grave nessas pessoas é muito grande”, observa.   

Fonte: Infonet





Leia a Biblia
(Salmos 37:24) - Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o SENHOR o sustém com a sua mão.

Baixista do 'Minha Mulher Não Deixa Não' morre em acidente de ônibus

Restante do grupo Reginho e Banda Surpresa teve ferimento, mas passa bem.

Banner 2



 Agência BOM DIA
Lenine Castro dos Santos, 25 anos, baixista do grupo Reginho e Banda Surpresa, responsáveis pelo hit 'Minha Mulher Não Deixa Não' morreu nesta quinta-feira, após um acidente de ônibus na Bahia. O cantor Reginho e os outros integrantes da banda também estavam no veículo e tiveram ferimentos, mas passam bem.
O grupo seguia em direção ao Recife, quando o ônibus saiu da pista e acidentou, na madrugada desta quinta-feira, na rodovia BR-110, próximo a Jeremoabo. Lenine morreu na hora. A dançarina Márcia Maria Alves da Silva fraturou a perna e, com estado de saúde delicado, foi transferida para um hospital em Recife. Ela não corre risco de morte.
Outros cinco integrantes da banda, incluindo Reginho, estão internados no hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso. Eles devem ficar em observação no hospital até, pelo menos, a noite desta quinta.
Segundo a produtora da banda, o grupo tinha viajado para o sudeste para participar de programas de televisão e gravar a nova campanha do Ministério da Saúde para incentivar o uso de camisinhas durante o Carnaval.

Apesar do ocorrido, Reginho continua cumprindo sua agenda de compromissos e estará no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (25), às 10h30, para o lançamento da campanha do Ministério da Saúde.

Reginho e os cantores Mary Campbell e Kleber Lapada, além dos dançarinos Anjo, Gal, Ponga e Mimoso, estarão na quadra da escola de samba Salgueiro para apresentarem a versão incentivando o uso de preservativos da música ‘Minha Mulher Não Deixa Não’, hit que deu destaque nacional ao grupo.

Grazi Massafera é intimada a prestar depoimento sobre acidente de carro

Segundo delegado, testemunhas dizem que ela estava ao volante. Ela nega.
Na época, em outubro do ano passado, atriz não tinha habilitação.

Do G1 RJ

Grazi Massafera (Foto: TV Globo / Alex Carvalho) 
 
Grazi Massafera durante a novela "Tempos
Modernos" (Foto: TV Globo / Alex Carvalho)
O delegado da 16ª DP (Barra da Tijuca), Rafael Willis, afirmou nesta quinta-feira (24) que a atriz Grazi Massafera foi intimada a comparecer na delegacia da Barra para prestar depoimento sobre um acidente de trânsito ocorrido em outubro do ano passado. O depoimento está marcado para o dia 17 de março.
Segundo o delegado, ela poderá ser indiciada por lesão corporal culposa. No acidente, um idoso ficou ferido. De acordo com a polícia, apesar de Grazi ter afirmado que um motorista dirigia o carro, testemunhas do acidente disseram que quem estava na direção era a atriz. Grazi ainda não tinha habilitação.
Além de Grazi, também foram intimados o motorista dela e o ator Cauã Reymond, seu namorado. Ele teria emprestado o carro a uma pessoa sem habilitação.
A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da atriz, que ainda não se pronunciou sobre o caso. Também tentou contatar Grazi Massafera pelo celular desde a manhã de quinta, mas não obteve resposta.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Neguinho da Beija-Flor tem carro apreendido por estar com documentação atrasada

Neguinho da Beija-Flor manda esposa recuperar carro
Neguinho da Beija-Flor passa no teste do bafômetro / Foto: Fernando Quevedo / O Globo


Depois de uma noite de sono tumultuada após ter o carro apreendido nesta sexta-feira, em uma Megaoperação Lei Seca, na Avenida Brasil, na altura da Penha, Neguinho da Beija-Flor já recuperou seu veículo. Sempre irreverente, o cantor reclamou da burocracia da Lei Seca e disse que agora "os caras que apreenderam seu carro devem se reunir para comemorar com churrasco".

- Hoje, tive que fazer uma procuração no cartório para a minha mulher poder tirar o carro. Ela pagou o IPVA atrasado e multa, e eu já estou com o carro. Mas deu um trabalho danado, pô! É muita burocracia - reclamou Neguinho.

O cantor voltava do ensaio da escola de samba Beija-Flor, em Nilópolis, quando foi parado na blitz. Neguinho fez o teste do bafômetro e não foi detectado consumo de álcool.

- Ainda me chamaram de senhor! Não sou senhor, sou o Neguinho da Beija-Flor!

Apesar de apoioar a Lei Seca, o cantor ficou irritado com a atitude dos agentes.

- A Lei Seca é uma operação maravilhosa, mas todo remédio tem uma contra-indicação. Eu aprovo, bato palma, porque ajuda a preservar vidas, mas está se tornando uma operação Caça-Talento. Os caras são que nem maria-chuteira, não podem ver um artista. Eles fazem isso para valorizar a operação, para chamar a atenção da mídia - afirmou, indignado, o vocalista da Beija-Flor.

Fonte: Extra online

Leia a Biblia
(Apocalipse 22:7b) - Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

Lei Seca flagra 77 motoristas sob efeito de álcool ao volante no Rio



Segundo o major Marco Andrade, coordenador da operação, estatisticamente, a Avenida Brasil é onde há mais acidentes (Foto: Rogério Santana/Governo do Estado - arquivo)

Uma blitz da Operação Lei Seca, ocorrida durante toda a madrugada de hoje (18) na Avenida Brasil, altura da Penha, Zona Norte do Rio, flagrou 77 motoristas dirigindo sob influência de álcool. Desses, 64 tiveram a habilitação recolhida. Os demais não apresentaram a carteira de motorista.
De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, major Marco Andrade, dois condutores foram presos na ação, por dirigirem embriagados. Os outros foram liberados e terão que pagar multa de R$ 957,70, além de perderem pontos na carteira de motorista.
- A Avenida Brasil, estatisticamente, é a principal via da cidade e é onde se tem o maior número de acidentes de trânsito. Então quando a gente monta essa operação do porte que teve ontem, fiscalizando quase mil veículos, a finalidade é sempre a de salvar vidas - disse o coordenador da Operação Lei Seca no Rio.
Ainda segundo Andrade, ao todo, os agentes fizeram 998 abordagens e 934 testes com o etilômetro (bafômetro). Os fiscais rebocaram 44 veículos.
A megaoperação contou com a participação de 120 agentes nas quatro pistas da via. O coordenador enfatizou que a operação já faz parte do cotidiano da população.
- Não existe resistência com relação à grande parte da sociedade. Cerca de 90% das pessoas não tem problema com questões ligadas ao álcool. Então, a gente vai intensificando e educando a população - explicou o major.
Detran apreende 202 veículos em três dias de operação em Campos

Durante três dias de fiscalização em Campos, o Detran areendeu 202 veículos, além de 15 Carteiras Nacionais de Habilitação vencidas ou pelo não-uso do capacete. Ontem, foram apreendidos 24 automóveis e duas habilitações irregulares; na véspera, 124 veículos e 12 carteiras, e, na terça-feira, outros 64 veículos foram rebocados e recolhida uma habilitação.
Todos os veículos foram encaminhados para o pátio localizado na rua Dr. João Maria, 165, Parque João Maria. Quanto ao procedimento para liberação dos carros, está sendo realizado na Ciretran do município (Rua Barão de Miracema, 246, Centro). Os proprietários têm até 90 dias para retirarem seus veículos. Após este prazo, o carro será leiloado.


Leia a Biblia
(Colossenses 3:16a) - A palavra de Cristo habite em vós abundantemente,


MG desenvolverá plano piloto para conter acidentes de trânsito no carnaval

 

Da BandNews FM BH



cidades@eband.com.br


O Carnaval deve ser utilizado como projeto piloto para a implantação em Minas de um Plano de Prevenção que pretende diminuir o número de mortes no trânsito. A medida deverá se basear nas ações da “Operação Lei seca”, no Rio de Janeiro.

O motivo para o Estado buscar no Rio de Janeiro estratégias de combate está na redução do número de mortes no Estado fluminense, desde a aprovação da Lei que proíbe a mistura entre álcool e direção. O Rio de Janeiro lidera o ranking do Ministério da Saúde da redução de vítimas, enquanto Minas Gerais está entre os últimos Estados da Lista.

Ontem, o Comitê Gestor de Trânsito realizou a primeira reunião sob a coordenação da Secretaria de Defesa Social de Minas e na próxima semana, um novo encontro deverá definir os detalhes das novas operações aqui em Minas.

Leia a Biblia
(Números 25:12b) - Eis que lhe dou a minha aliança de paz;

Confusão na Lei Seca leva magistrado a dar voz de prisão a servidora por desacato


Lei Seca
Lei Seca é uma blitz diária que os motoristas do Rio enfrentam
Juiz de Direito da 1ª Vara de Búzios, no interior do Estado, João Carlos de Souza Correa deu voz de prisão, na madrugada desta segunda-feira, a uma agente de trânsito que trabalhava na Operação Lei Seca, na Lagoa (Zona Sul do Rio). O magistrado dirigia um Land Rover preto e afirmou ter sido desacatado pela agente Luciana Tamburini ao ser parado na blitz. O juiz passou no teste do bafômetro, mas não portava a Carteira Nacional de Habilitação e o veículo estava desemplacado. A funcionária constatou, na nota fiscal do veículo, que o prazo para o emplacamento já estava vencido e ordenou que o carro fosse rebocado.
Irredutível, a agente Tamburini não aceitou a explicação do magistrado. Ele alegou desconhecer o prazo de 15 dias para o emplacamento e deu voz de prisão à agente quando ela questionou o fato de um juiz “desconhecer a lei”. Policiais que trabalhavam na Operação, Tamburini e o magistrado foram para a 14ª DP, no Leblon.
Na delegacia, o juiz disse que não se negou a fazer o teste e provar que não havia ingerido bebida alcóolica e que apresentou a sua documentação e a do veículo sem dificuldade. A agente, por sua vez, considerou a prisão foi ilegal, pois estaria no exercício de sua função. O caso foi registrado como desacato na DP e Tamburini liberada em seguida. O carro do juiz, após o registro, levado para o depósito público, foi liberado na manhã desta segunda-feira após a regularização dos documentos.
‘Arrogante e autoritária’
Segundo o sociólogo Sergio Nogueira Lopes, que conhece pessoalmente o juiz Souza Correa e elogia a atuação do magistrado em Búzios, onde mantém uma propriedade, “a Lei Seca é um problema. Além de ilegal é arrogante e autoritária”.
– Tem a exclusiva finalidade de arrancar algum dinheiro dos motoristas em forma de multas. A abordagem é sempre hostil. Além disso, esse tipo de blitz tem por propósito constranger celebridades e autoridades para ridicularizá-las na midia e assim saciar o desejo mórbido desta parte hipócrita e revanchista de nossa sociedade. Foi um desrepeito flagrante ao juiz João Carlos Correa, pessoa de bem e no uso de seus direitos de Magistrado. É deplorável essa situação – protestou.

Fonte:  Correio do Brasil

Leia a Biblia
(Salmos 147:11) - O SENHOR se agrada dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.


Policial aposentado é esfaqueado durante briga com motorista em SJC

Briga no trânsito termina em facada em São José dos Campos
Um policial aposentado foi esfaqueado na Avenida São José, em São José dos Campos, depois de uma briga no trânsito, nesta quarta-feira (16) de manhã. Segundo o boletim de ocorrência, o motorista de um veículo fechou o ex-PM no trânsito. Eles pararam para conversar e o ex-policial foi atingido com uma facada no peito.

O homem fugiu sem prestar socorro. O filho da vítima anotou um número de telefone que estava adesivado no veículo. Nesta quinta, depois do almoço, a polícia encontrou o motorista no trabalho. O homem foi detido e encaminhado até a delegacia, onde é ouvido e liberado para responder o processo em liberdade.

Ele irá responder por tentativa de homicídio. O homem disse à polícia que ganhou a faca, que ficava no porta-luvas do carro. Ainda segundo a polícia, o aposentado teve alta na noite desta quarta, mas deve passar por uma cirurgia.

Fonte: VNews

Leia a Biblia
(Lamentações 3:22) - As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;

Semáforo de LED

 
 
 
divulgação
 
   
  Empresa formada a partir de grupo de pesquisa da USP de São Carlos, com apoio do PIPE, desenvolve semáforo mais econômico e que pode ser alimentado por energia elétrica ou solar  
  Leia também:
Semáforo moderno diminui número de acidentes em cruzamento
 
Elton Alisson | Agência FAPESP
Em época de verão os semáforos localizados nas principais vias das cidades brasileiras costumam apresentar com maior frequência problemas que, além de causar transtornos aos motoristas, podem ocasionar graves acidentes de trânsito.
Com a incidência frontal dos raios solares nos semáforos convencionais, os refletores posicionados atrás do conjunto óptico fazem com que os raios sejam refletidos na direção do motorista. Isso, em conjunto com as lentes coloridas, cria a sensação de falso aceso das cores sinalizadas – o chamado “efeito fantasma”. E em dias de fortes chuvas ou quando há queda de energia, os equipamentos costumam entrar em pane, podendo permanecer desligados por horas.
Um novo modelo de semáforo, que começou a ser testado na cidade de São Carlos (SP) em janeiro, poderá solucionar esses problemas, além de possibilitar economia de energia e reduzir impactos provocados pelo descarte de lâmpadas incandescentes no meio ambiente.
Desenvolvido pela empresa DirectLight, formada a partir de um grupo de pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), campus de São Carlos, o equipamento utiliza um conjunto de diodos emissores de luz (LEDs) de alta potência e grande eficiência óptica, que pode resultar em uma economia de energia de até 90%.
“Um semáforo convencional utiliza lâmpadas incandescentes de 100W, que consomem 400W em apenas um cruzamento de quatro vias, enquanto os LEDs do sinalizador de trânsito que projetamos consomem apenas 40W”, disse o coordenador do projeto, Luís Fernando Bettio Galli, à Agência FAPESP.
De acordo com Galli, outra vantagem dos LEDs em relação às lâmpadas incandescentes é a vida útil. Os LEDs podem permanecer mais de 50 mil horas acesos, apresentando 75% da eficiência inicial, ao passo que as lâmpadas incandescentes duram apenas 4 mil horas.
“O LED é um emissor que não apaga repentinamente. Ele vai degradando com o tempo e, depois de seis anos ligado, só perderá 25% da eficiência óptica inicial”, afirmou.
Uma das principais diferenças do semáforo brasileiro à base de LED para outros sinalizadores de trânsito baseados na mesma tecnologia em outros países está no sistema óptico.
Os semáforos antigos utilizam uma centena de LEDs de 5 milímetros, que foram desenvolvidos na década de 1960. Já o novo modelo utiliza apenas sete diodos emissores de luz, mais modernos, confiáveis e de potência mais alta, que consomem menos energia.
Para isso, os pesquisadores envolvidos no projeto desenvolveram nos últimos dois anos um conjunto composto por três tipos de lentes.
Ao dispor os LEDs próximos ao conjunto de lentes, os pesquisadores conseguiram obter um melhor aproveitamento e distribuição da luz emitida pelos diodos e direcioná-la de forma correta. Com isso, reduziram a quantidade de LEDs, dispensando a necessidade de refletores e eliminando o “efeito fantasma” produzido pelos semáforos convencionais.
“Não adianta simplesmente colocar os LEDs virados para frente, porque eles têm uma abertura de emissão de 120 graus. Desenvolvemos o conjunto de lentes para aproveitar ao máximo a luz emitida por eles e direcioná-la só para a parte que interessa, que é o trânsito”, explicou Galli.
O projeto foi desenvolvido pela empresa em parceria com o Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica do Instituto de Física da USP de São Carlos e contou com financiamento da FAPESP por meio do Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), no projeto Sinalizador de trânsito à base de LED com operação emergencial.
Avaliação instantânea
Outra inovação apresentada pelo equipamento está no sistema eletrônico embarcado, o qual permite que seja alimentado tanto pela rede elétrica convencional como por energia solar ou por um banco de baterias em situações de emergência, como um blecaute.

Um sistema de gerenciamento inteligente instalado no semáforo faz a cada milissegundos uma avaliação e decide qual a melhor forma de alimentação para o equipamento em um determinado momento.
“A prioridade do equipamento é trabalhar com energia solar, por meio de placas fotovoltaicas, que é sua principal forma de alimentação. Mas, se mudar o tempo, ele utilizará energia elétrica. E, caso não tenha sol e falte energia elétrica, ele passará a utilizar um banco de baterias com duração de pelo menos 40 minutos, que é tempo suficiente para que os guardas de trânsito cheguem ao local e controlem a situação”, explicou Galli.
Segundo ele, já existem semáforos a energia solar e blecaute em outros países, porém nenhum ainda conseguiu integrar as três formas de alimentação utilizadas pelo equipamento brasileiro.
Os semáforos que estão sendo testados em três locais em São Carlos, por meio de um convênio firmado entre a DirectLight e a Secretaria de Transporte e Trânsito do município paulista, operam inicialmente apenas com energia elétrica. Antes mesmo de obter a certificação e começar a ser comercializados já estão despertando o interesse de prefeituras de outros municípios.
“Pelos testes e simulações que fizemos em parceria com a USP por meio de um software específico de simulações, o equipamento está se comportando muito próximo do que esperávamos. Os resultados dos testes em campo também estão sendo muito positivos”, afirmou Galli.

Fonte:  Farol comunitario
Leia a Biblia
(I Corintios 6:20b) - glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.


Serviços online dão rapidez ao Detran

Os motoristas no Paraná que precisam recorrer de uma multa, comunicar a venda de veículo ou atualizar dados podem iniciar os processos sem enfrentar filas, nem sair de casa. O Departamento de Trânsito do Estado (Detran-PR) é referência nacional entre os demais órgãos de trânsito, sua página na internet oferece uma série de facilidades para os usuários e permite realizar serviços online, agilizando o atendimento presencial.

Através do site www.detran.pr.gov.br é possível preencher os formulários necessários para apresentar defesa prévia de penalidades, pedir devolução de pagamento indevido, atualizar endereço do condutor ou do proprietário do automóvel, comunicar venda e consultar infrações e extratos de débitos. Também estão disponíveis simulados das provas teóricas para candidatos a habilitação ou renovação da carteira de motorista, além de informações sobre documentação, educação e segurança no trânsito.


Para o diretor-geral da autarquia, Marcos Traad, o sistema virtual é uma ferramenta importante para tornar mais rápido o atendimento nos 211 postos credenciados e 101 unidades do Detran-PR. “Com o formulário preenchido online e todos os documentos em mãos, o serviço ganha agilidade e podemos atender um número maior de pessoas. O atendimento realizado através do site adianta e facilita o atendimento presencial”, explica.

Dados da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Telefonia do Detran mostram que a página do Detran Paraná recebe, em média, 2 milhões de acessos por mês. O número de visitas ultrapassa os 5,3 milhões em determinados meses, como em agosto, por exemplo, quando começa o pagamento do licenciamento dos veículos. A média diária é de 76 mil acessos com picos de 170,6 mil visitas.

Entre os serviços mais utilizados está o extrato de débitos de veículos, com até 3 milhões de acessos em um único mês. Os serviços de habilitação registram cerca de 319 mil visitas mensais e os serviços de veículos atendem aproximadamente 313 mil internautas todos os meses.
 
Leia a Biblia
(Salmos 18:32) - Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho.

Obras de pavimentação no Tapetão começam na quarta-feira (23)

Primeira etapa das obras deve durar 5 semanas; veja rotas alternativas

A recuperação do pavimento da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), no trecho conhecido como Tapetão, em Campinas, começa na próxima quarta-feira (23). De acordo com a concessionária Rota das Bandeiras, a primeira etapa das obras deve durar cinco semanas e será feita no trecho entre os quilômetros 110 e 113, no sentido Campinas-Paulínia, entre a Avenida Theodureto de Almeida Camargo e a Rodovia Dom Pedro I (SP-065).
Para a execução dos trabalhos de elevação do pavimento será usado asfalto ecológico. Durante as obras haverá estreitamento de pista e os motoristas devem ficar atentos às rotas alternativas.
A previsão para o término da recuperação do pavimento da rodovia SP-332, com a recuperação de 113 quilômetros de faixas de rolamento (50 quilômetros da rodovia, incluindo as faixas de tráfego e acostamento), nos trechos Norte e Sul, é para setembro deste ano. O custo da obra é de R$ 14,6 milhões. A ação faz parte do plano de investimentos da Concessionária, que prevê, nos seis primeiros anos de concessão, R$ 1,2 bilhão em obras de melhorias, modernização e conservação do Corredor Dom Pedro, do qual faz parte a SP-332.
Durante o Carnaval, a obra será interrompida e o tráfego liberado em todas as faixas da rodovia.
Orientação
Antes do início das obras, Rota das Bandeiras, em parceria com a Emdec, traçou um plano de rotas alternativas que ajudarão os motoristas a trafegarem melhor pelo trecho. Para reduzir o impacto no trânsito local, as orientações aos motoristas serão feitas por agentes de trânsito, com apoio da Polícia Militar Rodoviária. A concessionária também desenvolverá ações de orientação para que a população da Vila Costa e Silva e Jardim Santa Genebra, cujos acessos podem ser feitos pelo Tapetão, seja avisada com antecedência sobre as mudanças que irão ocorrer no período da intervenção.
Segundo orientação da Emdec e da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), o ponto de ônibus do acesso à Vila Costa e Silva será interditado durante a obra. Nesse período, os usuários que seguem de Campinas para Paulínia, Cosmópolis e Artur Nogueira usarão a parada dos ônibus urbanos de Campinas, que fica no bairro.
Rotas alternativas
Durante as obras, a Emdec orienta os motoristas que estiverem no Centro de Campinas e quiserem seguir para o distrito de Barão Geraldo para a Unicamp ou para Paulínia, a seguir pela Avenida Brasil e pegar a Estrada dos Amarais até a Rodovia Dom Pedro I (SP-065), Na Dom Pedro, eles podem acessar a pista sul, sentido Jacareí, até o acesso à SP-332.
Outra alternativa será o caminho composto pelas avenidas Orosimbo Maia, Norte-Sul e pela Rodovia Engenheiro Miguel Noel Nascente Burnier. O motorista que seguir esta rota também poderá acessar a rodovia Dom Pedro I, mas no sentido Anhanguera, onde terá acesso à SP-332, conforme mostra o mapa anexo.
Outra informação importante é que o acesso à Vila Costa e Silva não sofrerá nenhuma interdição durante as obras, exceto no período da madrugada, a partir da zero hora, para facilitar o acesso do transporte coletivo.

Fonte: EP Campinas
Leia a Biblia
(Apocalipse 21:4) - e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.


Rodovia Ayrton Senna recebe obras esta semana


A Ecopistas, concessionária responsável por administrar o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, interditará alguns trechos da rodovia Ayrton Senna, para obras de recuperação e melhorias, entre os dias 14 e 19 de fevereiro.

Na Rodovia Ayrton Senna, sentido Interior, as obras de sinalização ocorrerão entre os quilômetros 30 e 32 (região de Itaquaquecetuba), de segunda a quinta-feira, das 22h00 às 5h00 e, na sexta-feira, das 23h30 às 5h00, com interdição alternada de todas as faixas da rodovia (1, 2 e 3).

No sentido São Paulo, as obras de sinalização serão realizadas entre os quilômetros 32 e 34 (região de Itaquaquecetuba), com interdição alternada de todas as faixas da rodovia (1, 2 e 3), das 22h às 5h, de segunda a sexta-feira.

Já as obras de recuperação de viadutos interditarão, alternadamente, todas as faixas da rodovia (1, 2 e 3), do quilômetro 40 ao 42 (região de Itaquaquecetuba), de segunda a quinta-feira, das 9h00 às 17h00.

Fonte: Jornal da cidade

Leia a Biblia
(Isaías 32:17) - E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre.

Obras da ERS–403 reiniciam em abril

O governo do Estado pretende reiniciar as obras da ERS–403 no mês de abril. Durante audiência no final da manhã de ontem com a participação dos prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores de Rio Pardo e Cachoeira do Sul, representantes da comissão de mobilização pelo asfaltamento da ERS–403 (Rio Pardo – Cachoeira do Sul) e da ERS–410 (Candelária – Bexiga) e os deputados estaduais Heitor Schuch (PSB) e Edson Brum (PMDB), o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, informou que o Estado irá pagar as pendências em obras nas estradas em março. No mês seguinte, os serviços retornam na rodovia nos dois sentidos.
O secretário explicou à comitiva que o governo do Estado vai dar prioridade este ano às obras em 33 acessos a municípios e à continuidade dos serviços em nove trechos de rodovias consideradas estratégicas no Rio Grande do Sul. Entre elas está a ERS–403, com o repasse de aproximadamente R$ 500 mil mensais a partir de abril para cada um dos dois lotes. O governo do Estado pretende aplicar R$ 10 milhões até o final deste ano na ERS–403 do total de R$ 24 milhões necessários para a conclusão dos trabalhos.
Albuquerque, no entanto, disse que se houver a confirmação da liberação de recursos financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para investimentos no Estado, prevista para julho, o valor destinado à ERS–403 poderá ser incrementado, reduzindo o prazo estabelecido para a conclusão, previsto para 2012. O governador Tarso Genro deverá fazer o anúncio oficial da retomada das obras na ERS–403 durante a abertura da 11ª Expoagro Afubra, em Rincão Del Rey, no município de Rio Pardo, no dia 1º de março.

CARMA
O secretário informou que o governo do Estado considerou como critérios para a definição das estradas onde haverá a continuidade de obras a antiguidade dos contratos, a importância econômica para a região e o Estado e o valor do investimento. As empreiteiras responsáveis pelas obras serão chamadas pelo Daer em março para definir um cronograma de pagamentos e de execução dos trabalhos. “Essa obra é uma prioridade para o governo, até pelo carma de 16 anos que ela carrega nas costas”, ressalta Beto Albuquerque.
Paralisadas desde dezembro do ano passado, as obras da ERS–403 estão mais avançadas no lote 1 da rodovia, entre Cachoeira do Sul e o entroncamento com a ERS–410, com 37,88 quilômetros. O trecho está sob a responsabilidade da empresa Brasília Guaíba Obras Públicas S/A. Nesse segmento, há cerca de 15 quilômetros com asfalto. O lote 2 tem 24,7 quilômetros, do entroncamento da ERS–410, na localidade de Bexiga, ao entroncamento da BR–471, em Rio Pardo. Os trabalhos nesse trajeto pararam em outubro e estão com contrato em vigor com a empresa Empa S/A – Serviço de Engenharia.

Fonte: Gazeta Azul  

Leia a Biblia
(Romanos 3:23) - Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;


sábado, 12 de fevereiro de 2011

Confira as capitais em que houve aumento de tarifa de ônibus e metrô

Em Rio Branco, reajuste será no próximo domingo (13).
Outras cinco capitais têm previsão de aumento ainda neste ano. Glauco Araújo, Luciana Rossetto e Nathália Duarte Do G1, em São Paulo
imprimir

O custo do transporte público sofreu aumento em 11 capitais desde dezembro. A tarifa de ônibus aumentou em Natal, Porto Velho, Salvador, Porto Alegre, Vitória, São Paulo, Recife, Aracaju, João Pessoa e Belo Horizonte. Em Rio Brando, o aumento da passagem de ônibus acontece no próximo domingo (13).

Outras cinco capitais têm previsão para aumentar o valor da tarifa de ônibus ainda neste ano. Em Campo Grande, a passagem de ônibus deve aumentar a partir de março.

Também no domingo entram em vigor os novos valores da passagem do metrô de São Paulo, que passará de R$ 2,65 para R$ 2,90. Em janeiro, a tarifa do metrô do Recife também sofreu um reajuste, subiu de R$ 1,40 para R$ 1,50.

O preço do metrô nas outras capitais que possuem o sistema de transporte – Porto Alegre, Belo Horizonte, Teresina, Brasília e Rio de Janeiro

TARIFAS DE ÔNIBUS PELO PAÍS

Capital Tarifa de ônibus atual Tarifa de ônibus anterior Data do reajuste*
Natal     R$ 2,20     R$ 2 janeiro de 2011
Rio Branco     R$ 1,90     R$ 2,40 Será em 13 de fevereiro de 2011
Porto Velho     R$ 2,60     R$ 2,30 janeiro de 2011
Salvador      R$ 2,50    R$ 2,20 janeiro de 2011
Porto Alegre    R$ 2,70    R$ 2,45 fevereiro de 2011
Vitória     R$ 2,20     R$ 2 janeiro de 2011
São Paulo    R$ 3    R$ 2,70 janeiro de 2011
Recife     R$ 2     R$ 1,85 janeiro de 2011
Aracaju    R$ 2,25     R$ 2,15 janeiro de 2011
João Pessoa     R$ 2,10     R$ 1,90 janeiro de 2011
Belo Horizonte    R$ 2,45    R$ 2,30 dezembro de 2010
Curitiba     R$ 2,20   Reajuste previsto para 2011
Boa Vista    R$ 2  Reajuste previsto para 2011
Macapá     R$ 1,90 Reajuste previsto para 2011
Campo Grande   R$ 2,50 Reajuste previsto para março
Florianópolis   R$ 2,38 Tarifa de bilhete eletrônico Reajuste previsto para entrar em vigor entre abril e maio deste ano. R$ 2, 95 Tarifa em dinheiro
Palmas    R$ 2,20 Sem previsão de aumento
Cuiabá    R$ 2,50 Sem previsão de aumento
Belém    R$ 1,85 Sem previsão de aumento
Teresina    R$ 1,90 Sem previsão de aumento
Goiânia    R$ 2,25 Sem previsão de aumento
Manaus    R$ 2,25 Sem previsão de aumento
Fortaleza   R$ 1,80 Sem previsão de aumento
Rio de Janeiro    R$ 2,40 Sem previsão de aumento
Maceió     R$ 2,10 Sem previsão de aumento
São Luís R$ 2,10 É a tarifa predominante. Inclui trajetos superiores a 30 km e terminais. Sem previsão de aumento
R$ 1,30 Nível 1 - Trajeto de até 12 quilômetros. Sem previsão de aumento.
R$ 1,60 Nível 2 - Trajetos de até 30 quilômetros. Sem previsão de aumento.
Brasília R$ 1,50 Sem previsão de aumento
R$ 3** Sem previsão de aumento. **Ônibus que vão de Brasília para cidades satélites em percurso superior a 25 km.

Capitais com aumento
Em São Paulo, a tarifa dos ônibus passou, desde o dia 3 de janeiro, de R$ 2,70 para R$ 3, segundo a São Paulo Transportes (SPTrans). Já o metrô na capital paulista, assim como os trens da CPTM, terá reajuste de tarifa no próximo domingo, 13 de fevereiro. O valor do bilhete unitário passará de R$ 2,65 para R$ 2,90.

O bilhete Madrugador Exclusivo - válido das 4h40 às 6h15 no Metrô e das 4h às 5h35 na CPTM – vai passar de R$ 2,40 para R$ 2,50. Já o Cartão Lazer, que custava R$ 22,30, será comercializado a R$ 23,50. As transferências entre Metrô e CPTM continuarão gratuitas nas estações Palmeiras-Barra Funda, Luz, Brás e Santo Amaro.

Em Porto Alegre, além do reajuste das tarifas de ônibus, a tarifa da lotação também sofreu aumento e passou de R$ 3,65 para R$ 4,00. Os usuários do cartão TRI Escolar, que realizam duas viagens, pagam somente R$ 1,35, o equivalente a meia passagem. Já os usuários do cartão TRI Vale Transporte e Passe Antecipado pagam uma tarifa de R$ 2,70 para realizar duas viagens.

O aumento na tarifa de ônibus em Porto Alegre reajustou também o preço dos bilhetes de Integração Metrô-Ônibus da cidade, que passou de R$ 3,75 para R$ 4,00. Segundo a Trensurb, não há previsão de aumento nos bilhetes de metrô, que custam R$ 1,70.

Segundo o Consórcio de Transporte do Grande Recife, em janeiro deste ano houve aumento de 8,66% na tarifa de ônibus da Região Metropolitana do Recife. O valor das passagens passou de R$ 1,85 para R$ 2, no caso da tarifa predominante, vigente em mais de 80% das linhas.

As demais tarifas variam de R$ 2 a R$ 6,70, com alterações conforme a quilometragem do trajeto e a possibilidade de integração em terminais. O metrô do Recife, segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos, também teve reajuste, em janeiro. Os bilhetes passaram de R$ 1,40 para R$ 1,50.

Em Natal, a tarifa de ônibus passou de R$ 2 para R$ 2,20 no dia 22 de janeiro. Na quarta-feira (9), manifestantes protestaram contra o aumento em frente ao prédio da prefeitura da cidade.

Em Salvador, o reajuste também aconteceu em janeiro. A passagem subiu de R$ 2,20 para R$ 2,50.

O aumento das passagens de ônibus em Porto Velho foi aprovado no dia 30 de dezembro de 2010 e entrou em vigor no dia 8 de janeiro deste ano. O valor passou de R$ 2,30 para R$ 2,60.

As passagens de ônibus em Rio Branco vão sofrer um reajuste a partir de domingo (13). De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o valor passará de R$ 1,90 para R$ 2,40.

Capitais sem aumento
Após a implantação do bilhete único no Rio de Janeiro, em 6 de novembro de 2010, a passagem de ônibus passou a custar R$ 2,40. Por esse valor, o passageiro pode pegar até duas conduções no período de duas horas. Não há previsão para reajuste neste ano. Já a tarifa do metrô, no Rio, é R$ 2,80. De acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp), não há previsão de aumento.

Brasília não sofreu reajuste na tarifa de transporte público recentemente. A passagem do ônibus circular é R$ 1,50 e do ônibus que vai para cidades satélites, em percurso superior a 25 quilômetros, é R$ 3. O preço do metrô também é R$ 3. Não há previsão de aumento do valor das passagens.

Curitiba não teve aumento recente na tarifa de ônibus, que é de R$ 2,20. Um reajuste está previsto ainda para este ano, mas não tem data definida, segundo a prefeitura.

Em Campo Grande, de acordo com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), também não houve aumento na tarifa. O valor cobrado atualmente é de R$ 2,50, com possibilidade de integração durante o período de uma hora. A previsão é que ocorra um reajuste na tarifa em março.

A tarifa de ônibus em Goiânia não deve sofrer reajuste pelo menos até abril deste ano, segundo a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos. Atualmente, a passagem custa R$ 2,25. Todos os anos, em abril, autoridades se reúnem para discutir a necessidade ou não de reajuste na tarifa.

Em Boa Vista, o valor da passagem é R$ 2. O último reajuste ocorreu em 2009. A empresa concessionária já fez um pedido à prefeitura para aumentar a passagem em 12%. A questão ainda está sendo analisada. Caso seja aprovado, o aumento deve ocorrer ainda em 2011.

Em Fortaleza, a tarifa atual é de R$ 1,80, sem previsão para reajuste. Já a tarifa social, válida aos domingos, aniversário da cidade (13 de abril), réveillon e 1º de janeiro, é R$ 1,20 inteira. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) negociam reajuste do valor da passagem para R$ 2,20.

Outra capital sem reajuste recente é Florianópolis. Atualmente, segundo a Secretaria de Transportes, Mobilidade e Terminais, a tarifa única de ônibus na capital catarinense é de R$ 2,38, para passageiros que utilizam o bilhete eletrônico. Já quem paga em dinheiro desembolsa R$ 2,95. Qualquer um pode adquirir o cartão, que é gratuito, para o desconto na tarifa.

Um aumento na tarifa dos ônibus em Florianópolis já foi aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes e deve ser regido pelo INPC. O reajuste, no entanto, só deve entrar em vigor entre abril e maio deste ano.

Em Macapá, o preço da tarifa é R$ 1,90. Há seis meses, o sindicato das empresas de ônibus entrou com uma ação na Justiça para aumentar o valor para R$ 2,57. A prefeitura fez uma perícia que apontou que o valor deveria ser de R$ 2,16. Uma nova perícia será feita pela polícia técnica do governo do Amapá. A questão deve ser decidida pela Justiça até março. Não há data prevista para a implantação do novo valor, que deverá ocorrer ainda neste ano.

A prefeitura de Macapá também tentará aprovar na câmara de vereadores a tarifa de R$ 2,16. Caso seja aprovado, esse valor será comunicado ao juiz, que poderá decidir pelo fim do litígio.
TARIFAS DO METRÔ PELO PAÍS
Capital Tarifa nova Tarifa anterior
Data do reajuste
Porto Alegre R$ 1,70 - Sem previsão de reajuste
São Paulo R$ 2,90 R$ 2,65 Será em 13 de fevereiro de 2011
Belo Horizonte R$ 1,80 - Sem previsão de reajuste
Recife R$ 1,50 R$ 1,40 janeiro de 2011
Rio de Janeiro R$ 2,80 - Sem previsão de reajuste
Teresina R$ 0,50 - Sem previsão de reajuste
Brasília R$ 3 - Sem previsão de reajuste

Em Manaus, não houve aumento recente no preço da passagem de ônibus. O último reajuste ocorreu em junho de 2010, quando o valor subiu de R$ 2,10 para R$ 2,25. De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), não há previsão para novo aumento neste ano.

O último reajuste da tarifa de ônibus em Palmas ocorreu em outubro de 2010. Atualmente, o valor é R$ 2,20 e ainda não há previsão para reajuste. Existe um Termo de Ajuste de Conduta entre o Ministério Público, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano e a Prefeitura que define que a cada ano o reajuste pode ser solicitado com base em tabelas que detalham os custos com a manutenção dos veículos.

Neste ano, as empresas já solicitaram o aumento da tarifa em Palmas, mas o valor ainda está sendo definido. A prefeitura tem até março para analisar a questão. Caso aprovado, o reajuste seria implantado em junho.

Em Belém, o valor da tarifa de ônibus é R$ 1,85. Em nota, a prefeitura informou que o último aumento ocorreu em fevereiro de 2010. Para este ano, o sindicato das empresas de transporte coletivo de Belém quer um aumento de 16,32%, o que eleva o valor da passagem para R$ 2,15. Mas a Prefeitura de Belém ainda está avaliando os impactos econômicos para autorizar esse reajuste.

fonte: Globo.com 

Leia a Biblia
(João 11:25) - Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;


‘Lei Seca’ já começou a vigorar em Belém

A decisão da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) de estabelecer horários de comercialização de bebidas alcoólicas passou a vigorar ontem (7). A Portaria nº 014/2011, publicada ontem no Diário Oficial do Estado, prevê que bares, restaurantes, supermercados, depósitos de bebida, tabernas, boates, lojas de conveniência, clubes e eventos públicos só podem comercializar bebidas alcoólicas até 1h. A fiscalização ficará a cargo das Polícias Civil e Militar.

O major da Polícia Militar, Leno Carmo, diz que a fiscalização faz parte de uma operação integrada pelos órgãos do Governo do Estado e do Município. “Já estamos trabalhando na Operação pela Vida, que prevê quatro ações básicas. Em uma dessas é que será feita a fiscalização da lei seca”.

A ação a qual o major se refere é a de fiscalização da documentação de bares e casas noturnas. “A gente está trabalhando com essas operações todos os dias e intensificando nas sextas e domingos. A lei seca será focada na ação Hypnos, das 21h às 3h”.

Para o major, a ação é fundamental para coibir a violência na capital, já que a maioria das ocorrências policiais envolvendo roubos, homicídios e acidentes de trânsito acontece perto de bares que vendem bebida alcoólica. “Nossa intenção não é fechar os bares, e sim, impedir que crianças e adolescentes estejam em situação de risco”.

O major explica ainda que a ação vai ser baseada primeiramente na orientação aos donos dos estabelecimentos. “Caso constatada a irregularidade, vamos orientar e notificar o estabelecimento. Caso haja recorrência, pode ser pedido o fechamento do local”.

Quando questionado sobre a possibilidade de alguns estabelecimentos pedirem o estendimento do horário, ele foi claro. “Foi dada publicidade à portaria, então, não podem alegar que desconhecem”. (Diário do Pará)


Fonte: Diarío do Pará

Leia a Biblia
(Isaías 9:6b) – e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

Seguro de carro reduz até 37% graças à Lei Seca e UPPs, segundo estudo


Um levantamento feito pelo Sindicato das Seguradoras do Rio mostrou que os preços dos seguros de carros no Rio reduziram cerca de 15,7% no ano de 2010, devido a implantação das UPPs e operações Lei Seca.

Em Duque de Caxias houve queda de até 38% e em outros pontos da cidade a redução chega a 37%. O IBGE confirmou o estudo e indicou um recuo de 12,6% na apólice paga no ano passado em relação a 2009. A média nacional registrou redução de apenas 3,53%.

O vice-presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio, Roberto Santos, disse que a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora tem um efeito psicológico sobre a população, mas afirma que não é o único fator que contribui para queda nos preços dos seguros.

"A Secretaria de Segurança Pública passou a investir em ações para combater os desmanches ilegais de carros. Houve mais operações policiais em locais e em horários que registravam aumento nas ocorrências de roubos", disse Santos.

Fonte: SRZD

Leia a Biblia
(Salmos 119:124) - Usa com o teu servo segundo a tua benignidade, e ensina-me os teus estatutos.

Motorista de caminhão de lixo acha R$ 100 mil e devolve para dono

Dinheiro pertencia à concessionária de veículos de Caicó, no RN.
Funcionário que ganha R$ 700 por mês foi gratificado com R$ 500.

Do G1, em São Paulo
O motorista José da Silva Fernandes que faz coleta de lixo em Caicó, cidade a 256 km de Natal, no Rio Grande do Norte, ficou famoso na região após encontrar R$ 100 mil no lixo e devolver para o dono nesta sexta-feira (11).
José da Silva Fernandes é motorista da Prefeitura de Caicó há um ano e três meses. (Foto: Rosivan Amaral/Rádio Caicó AM) 
 
José da Silva Fernandes é motorista da Prefeitura de Caicó há um ano e três meses. (Foto: Rosivan Amaral/Rádio Caicó AM)
De acordo com Fernandes, como de praxe a coleta teve início às 4h e na hora de descarregar o entulho, por volta das 7h, ele foi abordado pelo gerente da concessionária Santana Veículos que estava à procura do valor.
Fernandes ganha R$ 700 por mês e ganhou gratificação de R$ 500 (Foto: Rosivan Amaral/Rádio Caicó AM) 
 
Fernandes ganha R$ 700 por mês e ganhou
R$ 500 (Foto: Rosivan Amaral/Rádio Caicó AM)
“Quando cheguei o homem estava vendo em outro caminhão e assim que soube que ele queria o lixo da loja corri para ajudar a encontrar, pois sabia mais ou menos onde estava”, conta o funcionário da Prefeitura de Caicó ao G1.
Segundo o trabalhador, o dinheiro foi achado em um envelope branco no meio do lixo. “Não estava dentro de saco e não tinha nenhuma identificação”, conta Fernandes. “Ele não disse nada sobre como o dinheiro teria parado lá. Só agradeceu e disse que ganharíamos uma gratificação.”
O motorista recebeu R$ 500 e o outro catador, Raimundo Damião, que também ajudou a encontrar o dinheiro recebeu R$ 1 mil. “Ele disse que daria R$ 1 mil para cada um, mas recebi R$ 500”, diz Fernandes. “Mas eu não fiquei querendo mais, o que eu queria era impedir que alguém fosse punido por causa do sumiço do dinheiro. Eu estou feliz por ter feito essa ação. Foi de coração.”
José da Silva Fernandes, de 41 anos, é natural de Caicó, casado há 15 anos e pai de um menino de 13 anos. A família mora no bairro Paraíba e não tem casa própria. O funcionário público recebe um salário de R$ 700 por mês.

Fonte: G1.com

Leia a Biblia
(João 13:35) - Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.